Jorge Mendes e o Football Leaks: «Todos são inocentes até prova em contrário»

Pippo Russo descarta que alvos da investigação estejam a ser vítimas de perseguição.

Acreditas no esquema que foi denunciado pelo Football Leaks que envolve, entre outros, Jorge Mendes e Cristiano Ronaldo?
Por uma questão política e cultural, acredito que todos são inocentes até prova em contrário. Por isso, espero pelas provas do inquérito e pelos possíveis processos judiciais e/ou fiscais. De momento, o que posso dizer é que não acredito na tese da manipulação. O trabalho do Football Leaks é dirigido por uma equipa de meios de comunicação social de confiança e, enquanto jornalista, posso dizer que são profissionais bastante meticulosos no tratamento da informação. Tenho plena confiança neles.

Pensavas que o esquema pudesse ser assim tão abrangente?
Acreditava que sim. O mundo do futebol é de grande ganância e, de forma geral, é cada vez mais uma zona cinzenta de interesses, entre a legalidade e a ilegalidade. É este o grande problema: temos de retirar a ambiguidade das regras, mas no mundo do futebol essa ambiguidade cresce cada vez mais.

Quais foram as grande dificuldades em escrever este livro?
Queria escrever muito mais coisas sobre Jorge Mendes, mas este é um livro muito grande, tem 552 páginas. Podia ter escrito muito mais se tivesse tido tempo para seguir mais pistas. Não tive muito tempo e, acima de tudo, não tive as ferramentas necessárias para investigar. Foi muito difícil. É curioso que muito do material online que encontrei sobre Jorge Mendes desapareceu poucos meses depois. Talvez seja uma coincidência, mas foi um grande obstáculo à investigação. Jorge Mendes goza de boa imagem em Portugal. Jorge Mendes tem uma boa imagem em Portugal e eu tentei mostrar a outra face dele. Tem alguns pontos negativos que ninguém conta. Espero que este tipo de histórias seja mais frequente na imprensa portuguesa. Jorge Mendes está à frente de um verdadeiro império pessoal e é o homem mais poderoso do futebol mundial, mas todos sabemos, seguindo as dinâmicas da História, que todos os que estão no poder acabam por cair. Jorge Mendes tem de estar consciente destas dinâmicas. Hoje em dia ele acredita que consegue ainda mais poder quando devia estar a defender o seu poder.

Achas que o Football Leaks pode ser o início da queda desse império de Jorge Mendes?
Falei numa queda do império num sentido lato. Quando um império chega ao seu topo, começa o seu declínio, é uma questão de dínamicas históricas. Neste assunto em particular, acredito que o Football Leaks pode ser um incidente, mas não a razão que leva a este declínio. Como qualquer outro império, o reinado de Jorge Mendes terminará porque deixou de ser sustentável, demasiado grande para sobreviver…

Há quem diga que esta tua investigação a Jorge Mendes é uma espécie de ‘vendetta’…
A sério? Serei eu o Spectre ou a Tríade? Acho que as pessoas sobrevalorizam-me. E que razão teria eu para ter uma espécie de vingança contra Jorge Mendes? Não o conheço. Estou fora do mundo do futebol, não estou envolvido nele. Sou apenas um amante do futebol que colocou algumas questões, que olhou além da representação oficial dos factos. E, com esse objetivo, investiguei o fenómeno a que chamei “a economia paralela do futebol”. Isto é, analisei não apenas Jorge mendes, mas também Pini Zahavi, Kia Joorabchian, Fali Ramadani, a Doyen, Mino Raiola, Gustavo Mascardi, a ligação Macri-Arribas, entre outros. Em geral, acho que não temos de ter medo da verdade. E se Jorge Mendes, ou qualquer outra pessoa, não tem medo da verdade, então não tem de ter medo de uma qualquer “vingança”.

Quando poderemos ler este livro em Portugal?
Estou a negociar com uma editora a publicação da edição em Português. Está previsto que chegue às livrarias durante o mês de janeiro do próximo ano.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *