Kodak tenta sair da bancarrota

O plano de saída do processo de falência da Kodak foi aprovado pelo tribunal. A empresa quer sair da insolvência como empresa de imagem digital e dedicar-se à impressão.

De acordo com o Jornal de Negócios, a maioria dos accionistas aprovou este plano que, ainda assim, mereceu a oposição de alguns antigos funcionários, uma vez que irá levar à perda de benefícios de reforma e cuidados de saúde dos funcionários da empresa.

Os credores deverão recuperar apenas 5 por cento do dinheiro investido e os accionistas serão os últimos a ser compensados.

De acordo com o presidente executivo da Kodak, António Peréz, a empresa pode liderar a indústria da impressão de imagem. Segundo Andrew Dietderich, representante legal da Kodak, esta “é uma empresa diferente daquela que faz parte do imaginário popular e muito diferente daquela que entrou em falência”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *