Rodrigo Amarante vem para conhecer a terra que carrega no nome

Há um oceano que separa Portugal e Brasil, mas o sangue é mais forte do que as distâncias que possam levantar-se. Demorou, mas Rodrigo Amarante conseguiu finalmente conhecer a terra de que o avô tanta vezes lhe falou e insistiu para que fosse conhecer.

Antes de atuar este domingo, no Festival MIMO, Rodrigo Amarante falou com o HASHTAG sobre as raízes portuguesas que nunca tinha conhecido. É que Amarante é muito mais do que o apelido, é também a terra dos antepassados, uma terra que nunca tinha tido oportunidade de conhecer quando esteve em Portugal.

O meu nome vem daqui, não é só uma coincidência, é da família da minha mãe. Alguém, essa é uma das coisas que estou aqui para descobrir, saiu daqui de Amarante e foi para o Brasil… Acho que eram três irmãos, não sei bem a história. O meu sangue, de alguma maneira, vem daqui“, contou Rodrigo.

A vinda a Amarante é algo por que há muito ansiava. Rodrigo Amarante já tocou “mais de 15 vezes” em Portugal, esteve “milhares de vezes no Porto“, mas nunca conseguiu arranjar tempo para visitar Amarante. Foi o avô que sempre o “chateou” para conhecer a terra dos seus antepassados.

Estou muito feliz, estou há anos e anos… O meu avô ‘encheu-me o saco’ para vir aqui e eu nunca tinha conseguido. Já vim a Portugal várias vezes, já vim ao Porto milhares de vezes… Mas nunca dá tempo no meio de uma digressão, não é? Fiquei feliz com o convite para vir aqui tocar e aqui estou“, prosseguiu.

E como está a ser conhecer Amarante? “Cheguei há dois dias e vou embora no dia a seguir ao concerto. Amarante é linda. Linda, linda, linda! Já tomei banho no rio, passeei… Ainda vou andar mais, mas é linda!

Quanto ao espetáculo deste domingo, Rodrigo vem para, simplesmente, cantar as suas músicas. Lançou o álbum “Cavalo” há pouco tempo e prepara-se para, assim que regressar a Los Angeles, gravar o próximo trabalho.

Acabei de gravar uma música para um filme, foi a primeira vez que o fiz, e começo a gravar o próximo disco assim que voltar para Los Angeles. Ainda tenho de escrever um bocado, mas já está mais de metade escrito“.

Rodrigo Amarante toca este domingo no Parque Ribeirinho de Amarante, a partir das 21h45.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *