NEOPOP: o melhor da electrónica em palco num forte medieval

O Forte de Santiago da Barra, em Viana do Castelo, prepara-se para receber a 12.ª edição do NEOPOP entre 3 e 5 de agosto e vai ter em palco vários artistas de renome nacional e internacional da cena electrónica.

O NEOPOP dedica-se, desde 2006, a mostrar a arte da techno, que é como quem diz o melhor do que se faz na música electrónica nacional e internacional, e este ano não é exceção. O festival volta a instalar-se no Forte de Santiago da Barra, edificado na margem direita do rio Lima durante o séc. XIII e alvo de várias remodelações e intervenções ao longo dos séculos, mas cujo objetivo nunca se alterou: a proteção do ancoradouro e da cidade de Viana do Castelo.

Não que esteja em perigo, mas o Forte de Santiago da Barra tornou-se numa espécie de protectorado da música electrónica no nosso país, levando a que outros festivais seguissem os seus passos, como tem feito o FORTE, que já vai na quarta edição, curiosamente também num espaço medieval fortificado, o castelo de Montemor-o-Velho, entre Coimbra e a Figueira da Foz.

Os nomes fortes desta edição do NEOPOP são os berlinenses Moderat, que nasceram da parceria entre Modeselektor e Apparat, Danny Tennaglia, Maceo Plex, Tale of Us e Kraftwerk, banda pioneira da cena electrónica e que influenciou vários nomes da indústria musical, em géneros tão variados como a techno, house, hip-hop, synth pop, industrial, electro pop, ambiente, entre outros tantos estilos.

Kraftwerk são, aliás, a grande atração do festival, tanto para os festivaleiros como para a própria organização. É que o grupo alemão não vem apresentar um espectáculo qualquer. Trata-se do Kraftwerk 3D, um inovador espectáculo que já apresentaram um pouco por todo o mundo, desde o MoMA, em Nova Iorque, o Tate Modern, em Londres, várias cidades nos Estados Unidos e na América do SUl, Tóquio e até na Europa. Regressam, agora, a Portugal, depois de já terem apresentado este espetáculo no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, e na Casa da Música, no Porto, em 2015.

Neste espectáculo, os Kraftwerk apresentam vários dos clássicos, de uma carreira com mais de 40 anos, num grupo que já conheceu vários elementos, entre eles o teclista português Fernando Abrantes.

Mas também há um contigente de artistas nacionais para mostrar que por cá também se faz boa música electrónica: Frank Maurel, Trikk, Alex FX, Rui Vargas & Tiago, que apresentam o seu projeto Acid Aktion ou Diana Oliveira & Vasco Valente.

Horários do NEOPOP

3 de agosto
Palco NEO

Ramboiage 17h – 18h30
Switchdance 18h30 – 20h30
Dixon 20h – 22h
Rui Vargas & Tiago present Acid Aktion 22h – 00h
Freshkitos 00h – 01h
Moderat 01h – 02h30
Maceo Plex 02h30 – 04h30
Helena Hauff 04h30 – 06h30
Rødhåd 06h30 – 09h

Palco Anti

Sonja 16h – 18h
Moses & Nuno 18h – 19h
Dexter 19h – 20h
Serginho 20h – 21h30
Magazino 21h – 23h
Jane Fitz 23h – 01h
Sonja Moonear 01h – 03h
Eric Cloutier 03h – 05h
DJ Bone 05h – 07h
Solar 07h – 09h

4 de agosto
Palco NEO

Pixel82 22h – 23h30
Frank Maurel 23h30 – 00h30
Danny Tenaglia 00h30 – 02h30
Paco Osuna 02h30 – 04h30
Speedy J 04h30 – 06h30
Chris Liebing 06h30 – 08h
Loco Dice 08h – 10h

Palco Anti

Diana Oliveira & Vasco Valente 22h – 23h30
Ruuar 23h30 – 01h
Svreca 01h – 03h
Dr. Rubinstein 03h – 05h
DJ Stingray 05h – 07h
Paula Temple 07h – 09h

5 de agosto
Palco NEO

Alex FX 23h30 – 01h
Kraftwerk 3D 01h – 03h
The Field 03h – 04h
Courtesy 04h – 05h30
Octave One 05h30 – 07h
Avalon Emerson 07h – 08h30
Trikk 08h30 – 09h30
Tale Of Us 09h30 – 11h30

Palco Anti

Terzi 22h – 00h
Cardia 00h – 01h
Glove b2b Trigger 01h – 02h
Tiago Fragateiro 02h – 03h
Planetary Assault Systems 03h – 04h
Dax J 04h – 07h
Zadig 07h – 08h
Voiski 08h – 09h
Lewis Fautzi 09h – 12h



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *