Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Caminhos Dedicados | January 19, 2017

Scroll to top

Top

No Comments

Instagram bloqueia rival Mobli

Instagram bloqueia rival Mobli

| On 04, Dez 2013

A relação entre o Instagram e o rival israelita Mobli tem sido tudo menos fácil e conhece agora novo capítulo: o Instagram bloqueou o acesso à sua API, obrigando os utilizadores a escolher entre uma aplicação ou outra.

Até agora, os utilizadores do Mobli podiam publicar as suas fotos do Instagram na aplicação com apenas um clique.

O Instagram justificou a tomada de posição com os termos de utilização da aplicação: “Uma aplicação que replique ou tente substituir a experiência de utilização do Instagram está em violação dos nossos termos de utilização. Temos uma equipa dedicada à revisão de aplicações e a aplicar as nossas políticas”.

No entanto, a empresa não explicou porque bloqueou o Mobli agora, tendo em conta que a aplicação israelita já fazia uso da API do Instagram há já algum tempo.

O Mobli é uma aplicação de dimensão bastante mais pequena que o Instagram, com apenas 12 milhões de utilizadores, em oposição aos mais de 150 milhões do Instagram. No entanto, o Mobli tem mais funcionalidades, tendo mesmo a opção de criar e partilhar vídeos muito antes de Instagram ou Vine.

Para além disso, o Mobli conta com o apoio de várias celebridades e um investimento de cerca de 62 milhões de euros e um valor estimado em 736 milhões de euros… Um número bastante familiar para o Instagram, que foi comprado por esse valor pelo Facebook.

E no que o Mobli perde em utilizadores, compensa com algo que nem o Facebook ou o Instagram têm: América Móvil. Trata-se do quarto maior provedor de redes wireless, uma empresa da Cidade do México, detida pelo multimilionário Carlos Slim.

O mexicano investiu 44 milhões deu euros no Mobli há cerca de um mês e tenciona integrar a aplicação nos aparelhos da América Móvil como parte desse investimento.

Acrescente-se que o mercado sul-americano representa uma grande percentagem dos utilizadores do Mobli e o negócio está bem encaminhado.

O Mobli já reagiu ao bloqueio da aplicação por parte do Instagram: “Respeitamos o direito de cada plataforma de fazer o que entender ser melhor com a sua plataforma. Acreditamos no direito de os utilizadores terem controlo direito em tudo o que criam e vamos continuar a permitir aos nossos utilizadores fazerem com o seu conteúdo o que entenderem fazer. Trabalhamos para criar uma aplicação que permita aos nossos utilizadores usarem o Mobli porque querem”.

Ainda assim, o Mobli não tem tido um comportamento correcto: em Março, criou uma campanha anti-Instagram, pagando aos utilizadores para deixarem aquela rede social. No entanto, o Instagram também não tem um registo imaculado: no início do ano bloqueou o Vine, o serviço de vídeos de 6 segundos do Twitter, e retirou a pré-visualização das imagens no Twitter, obrigando os utilizadores a acederam ao site do Instagram, numa retaliação à rede de microblogging, que impediu que o Instagram usasse a API para encontrar amigos daquela rede social

Submit a Comment