Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Caminhos Dedicados | March 27, 2017

Scroll to top

Top

Medium consegue investimento de 18 milhões de euros

Medium consegue investimento de 18 milhões de euros

| On 29, Jan 2014

A plataforma de blogging do co-fundador do Twitter, Evan Williams, conseguiu atrair um grupo de investidores no valor de 18 milhões de euros. É o primeiro investimento externo desde que o serviço foi lançado em Agosto de 2012.

Esta não é a primeira iniciativa de Evan Williams no que diz respeito à escrita online. Williams foi também um dos co-fundadores do Blogger, um dos primeiros serviços de blogging a existir. O Medium actualiza este conceito, com um design fresco e bastante atractivo, acrescentando oportunidades de networking e colaborações para escritores.

O site foi originalmente fundado por Williams, Biz Stone — outro co-fundador do Twitter — e Jason Golman, antigo vice-presidente de produto do Twitter, apesar de Williams referir-se num artigo na plataforma como o primeiro fundador.

“Como presidente executivo, o meu objectivos é maximizar as possibilidades de sucesso do Medium. Ao expandir a nossa rede e ao ter parceiros em quem me apoiar é uma óptima maneira de o conseguir”, explicou.

Greylock Partners foi o maior grupo de investidores, que também incluiu a Google Ventures. Com este investimento, Greylock terá dois directores no Medium, David Sze e Josh Elman.

“Quando o Blogger começou há quase 15 anos, foi um dos primeiros produtos a dar às pessoas um local onde publicar os seus pensamentos”, escreveram Elman e Sze em dois artigos separados no Medium. “Desde então, o conteúdo cresceu exponencialmente, mas ainda há muito por fazer para ajudar as pessoas a expressar as suas ideias e chegar a outras pessoas que possam estar interessadas”.

Como monetizar o Medium

O Medium tem-se afigurado como um enigma no mundo digital. Gwaker observou que o site contratou vários nomes pesados do jornalismo online — como Evan Hansen, antigo editor da Wired.com — e pagou a outros para escrever artigos, incluíndo nomes como Felix Salmon, da Reuters.

A comunidade online tem estado atenta ao plano de monetização do Medium. Williams afirmou à Businessweek que não irá haver anúncios ou banners na plataforma e que estão a ser pensadas várias soluções, desde patrocínios privados a uma pequena taxa de subscrição.