Apple com planos para fábrica de produção de safira

A Apple tem planos para utilizar a safira — material mais duro que o vidro — para componentes, incluindo écrãs.

“Este processo de produção de alta tecnologia vai criar um sub-componente de vital importância nos produtos da Apple”, afirmou James Patton, director responsável pelo cumprimento das regras mundiais de comércio.

Um pedido de patente da Apple e da cidade de Meza, no Arizona, ao Departamento de Comércio, no final de 2013, fornece alguns detalhes sobre a fábrica de produção de safira que a Apple está a construir no Arizona. Este pedido de patente menciona um “novo sub-componente de vital importância” desconhecido.

O pedido pede que o Departamento de Comércio autorize a fábrica a entrar em produção o mais depressa possível. A Apple quer começar a produzir novos componentes já em Fevereiro, que serão exportados para os seus parceiros na Ásia.

A câmara do iPhone 5 já é protegida por safira. É o segundo material mais resistente, a seguir ao diamante, e é duas vezes mais duro do que o topázio.

Um écrã de safira pode ser três vezes mais resistente do que o actuais, feitos com Gorilla Glass, um material produzido pela Corning e que é utilizado em muitos smartphones. Os écrãs feitos de safira partem-se com menos facilidade.

No entanto, a safira também tem as suas desvantagens: o preço e o peso. Um écrã de safira para smartphones tem um preço estimado de 22 euros, enquanto um de vidro custa cerca de 2,22 euros. Já a safira é 65 por cento mais pesada do que o Gorilla Glass.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *