iWatch pode ser ponto de viragem para a Apple e a própria indústria

Sendo a primeira linha de produtos lançada pela Apple com Tim Cook à frente dos destinos da empresa, o iWatch pode ser um ponto de viragem não só na história da gigante da maçã trincada como da própria indústria de acessórios.

A ABI Research analisou os dados disponíveis e chegou à conclusão de que as vendas de relógios inteligentes no primeiro trimestre de 2014 chegaram às 510 mil unidades, com a Samsung, Sony, Pebble e Casio à frente. A empresa sugere que os utilizadores estão à espera do lançamento do iWatch.

Apesar de muitos dos aparelhos já existentes terem sido recebidos de forma positiva pelos utilizadores, os distribuidores estão a encomendar estes relógios inteligentes com alguma cautela devido à incerteza quanto à procura. Com a Samsung e a LG a entrarem neste mercado de forma um tanto ou quanto atabalhoada, cabe à Apple mostrar como se faz.

A ABI parece ter fé que a Apple conseguirá ter sucesso com o iWatch, tendo em conta a enorme procura que a empresa regista graças a um enorme e grupo de leais consumidores. No entanto, no caso de o iWatch não conseguir atingir a popularidade de outros produtos da Apple, a ABI sublinha que isso poderá ter um enorme impacto na própria indústria de acessórios.

A Apple deverá lançar o muito aguardado iWatch ainda este ano, com data apontada para Outubro. O analista Steven Milunovich prevê que o relógio inteligente poderá atingir o mesmo número de vendas do iPad — 21 milhões de unidades em 2015 e 26 milhões no ano seguinte.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *