Wozniack: «Guião de Jobs era uma porcaria»

Steve Wozniak mostrou-se bastante crítico do filme Jobs, que retrata a vida de Steve Jobs, com quem fundou a Apple, afirmando que o guião é “uma porcaria”. No entanto, o co-fundador admitiu que o elenco foi muito bem escolhido.

Entraram em contacto comigo no início da produção [do Jobs]. Li o guião até onde pude e achei que estava uma porcaria. A Sony também falou comigo e acabei por trabalhar com eles. Não podes fazer os dois filmes e receber.

O guião inicial promovia o uso de drogas de uma maneira muito estranha. Por exemplo, há uma parte em que o Steve Jobs me ofereceu drogas. Eu nunca vi o Steve usar drogas nem ele alguma vez me ofereceu o que fosse.

Se alguma vez tivermos discutido sobre esse tema, ele saberia que eu não usava mas que era favorável ao seu uso e que costumava dar-me com pessoas que usavam, na universidade, para que ele se sentisse à vontade para falar sobre isso comigo. Honestamente, falávamos sobre os nossos trabalhos e tecnologia e outras coisas.

Jobs foi exibido no Sundance Film Festival, na noite de 27 de Janeiro, e tem estreia prevista nos cinemas em Abril, nos Estados Unidos. Para além disso, a Sony está a preparar outro filme biográfico sobre Steve Jobs, ainda sem data prevista de estreia.

Recentemente, a etOnline publicou um pequeno excerto do filme, mostrando um diálogo entre Steve Jobs (interpretado por Ashton Kutcher) e Steve Wozniak (com Josh Gad no papel) a discutir planos para criar um computador, antes da fundação da Apple.

[easyrotator align=”left”]erc_10_1358743335[/easyrotator]



Um comentário a “Wozniack: «Guião de Jobs era uma porcaria»”

  1. […] de Steve Wozniak considerar que o guião de jOBS “é uma porcaria”, não há qualquer dúvida de que Ashton Kutcher foi muito bem escolhido para o papel de Steve […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *